e-criativo

Economia Criativa
Plataforma de Documentação e Memória

Panorama da Economia Criativa no Brasil
Outros - 2013

Panorama da Economia Criativa no Brasil

Organização: João Maria de Oliveira
Bruno Cesar de Araujo
Leandro Valério Silva

 

Texto para discussão / Instituto de Pesquisa Econômica
Aplicada.- Brasília : Rio de Janeiro : Ipea , 1990-

Políticas culturais no Brasil
Livro - 2007

Políticas culturais no Brasil / organização Antonio Albino Canelas
Rubim e Alexandre Barbalho. —Salvador : edufba, 2007.

Cultura viva : avaliação do programa arte educação e cidadania
Livro - 2010

Cultura viva : avaliação do programa arte educação e cidadania / Frederico A. Barbosa da Silva, Herton
Ellery Araújo: organizadores.- Brasília : Ipea, 2010.

A Economia Criativa em época de crise: o desenvolvimento endógeno brasileiro na obra de Celso Furtado
Artigo - 2018

Na quase totalidade de sua obra o notável economista e ex-ministro da Cultura, Celso Furtado, exaltou a criatividade da nação brasileira como ativo estratégico para o surgimento de um novo modelo de desenvolvimento econômico, sustentável, inclusivo e endógeno. A trajetória analítica deste trabalho recorreu à revisão bibliográfica para destacar as contribuições teóricas de Celso Furtado acerca das potencialidades advindas de uma nova economia, intensiva em criatividade. Por sua vez, os recortes do pensamento furtadiano constituem um instrumento poderoso e atual para (re)pensar as estratégias de superação do subdesenvolvimento do país.

Autores: Adriano Pereira de Castro Pacheco e Elcio Gustavo Benini

Revista de Economia Política, vol. 38, nº 2 (151), pp. 324-337, abril-junho/2018

Políticas culturais : informações, territórios e economia criativa
Livro - 2013

Organização: Lia Calabre

O Discursos Global da Economia Criativa - Frameworks para o desenvolvimento econômico
Artigo - 2018

Este artigo analisa os principais discursos dos organismos internacionais dedicados ao desenvolvimento de plataformas de gestão e organização da Indústria e Economia Criativa (EC) bem como suas influências na agenda global de formulação de políticas públicas. O artigo traz à baila a temática de uma nova economia intensiva em criatividade e seus transbordamentos estratégicos com a inovação, com a sustentabilidade e com a diversidade cultural. Por meio da Análise de Discurso (AD) da escola francesa, buscou-se caracterizar as diferentes abordagens adotadas por esses organismos, especificamente a Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (UNCTAD) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Identificadas as principais caraterísticas de cada relatório – dimensão setorial da indústria, os efeitos de sentido e as condições de produção do discurso da Economia Criativa em cada organismo –, procedeu-se à comparação dos documentos com o Plano Brasil Criativo, do Ministério da Cultura. Os resultados apontam para o desenvolvimento de um constructo multidimensional de instrumentos para a gestão estatal da EC – apoiados em ativos simbólicos específicos e singulares de cada país – conferindo à UNCTAD e à Unesco posição de vanguarda e influência na elaboração de políticas públicas para o setor criativo, inclusive no contexto Brasil. As discussões em torno das transações de ativos intangíveis e simbólicos contribuem, ainda, na geração de novos insights para a organização setorial da Economia Criativa nacional.

Publicado na Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional v. 14, n. 5 (2018)

ECONOMIA CRIATIVA, CULTURA E POLÍTICAS PÚBLICAS
Livro - 2016

Este livro é o resultado dos esforços contínuos, individuais e coletivos, dos projetos desenvolvidos no âmbito do Grupo de Trabalho de Economia Criativa, Cultura e Políticas Públicas do Centro de Estudos Internacionais sobre Governo (Cegov) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Organização: Leandro Valiati e Gustavo Moller

THE BRAZILIAN CREATIVE ECONOMY
Relatório - 2018

Este relatório tem três funções principais. É comissionado pelo British Council em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) como parte do Programa de Desenvolvimento e Engajamento Profissional Newton no Brasil. O foco no Brasil é apoiar os empreendedores criativos e desenvolver os mecanismos que estimulem uma Economia Criativa mais diversificada, inclusiva e confiante. É um dos seis programas de Newton entregues pelo British Council. Este programa é moldado pelas demandas e prioridades de desenvolvimento das partes interessadas do país, com o objetivo de apoiar o ambiente de pesquisa e possibilitar um ótimo impacto da pesquisa. O programa tem o benefício adicional de criar relacionamentos entre provedores de habilidades com conhecimento e compreensão dos ecossistemas de pesquisa e inovação do Reino Unido e das partes interessadas dos países parceiros.

REGENERAÇÃO URBANA ATRAVÉS DA CULTURA FUNCIONA?
Outros - 2014

INVESTIGANDO POLÍTICAS Diálogos de economia criativa entre Brasil e Reino Unido

British Council Unidade de Economia Criativa
Série Investigando Políticas
Publicado pelo British Council

Economía creativa en América Latina y el Caribe: Mediciones y desafíos
Outros - 2018

Qué países están midiendo el impacto de las industrias creativas y culturales en sus economías? Este informe se suma al esfuerzo del Banco Interamericano de Desarrollo (BID) para visibilizar el impacto de la Economía Naranja a través de la recopilación de los datos más recientes disponibles sobre las industrias culturales y creativas. El informe explora datos de los indicadores recientes de veinticuatro de países de América Latina y el Caribe e incluye recomendaciones para el levantamiento y la importancia de una sistemática medición. El BID espera que al poner en evidencia la diversidad de datos y sus respectivas metodologías los gobiernos puedan dar prioridad a la importancia de encontrar una metodología sistemática para la recopilación de los mismos. El poder seguir articulando el potencial de la Economía Naranja a través de datos confiables nos ayudará a seguir demostrando la capacidad de esta como generadora de empleo, de riquezas y de impacto social. 

NOTA TÉCNICA
Nº IDB-TN-01488
Agosto 2018

Indicadores Unesco de cultura para o desenvolvimento
Outros - 2014

Manual Metodológico - INDICADORES UNESCO DE CULTURA PARA EL DESARROLLO

Publicado en 2014 por la Organización de las Naciones Unidas para la Educación, la Ciencia y la Cultura, 7, place de Fontenoy, 75352 París 07 SP, Francia

Políticas Culturais para o desenvolvimento: uma base de dados para a cultura
Livro - 2003

 

Políticas culturais para o desenvolvimento: uma base de dados para a cultura. Brasília : UNESCO Brasil, 2003.

UNESCO 2003 - Edição publicada pelo Escritório da UNESCO no Brasil

Por um Brasil Criativo: Significados, Desafios e Perspectivas da Economia Criativa Brasileira
Livro - 2016

Por um Brasil Criativo: significados, desafios e perspectivas da Economia Criativa brasileira reúne contribuições de pesquisadores de várias universidades e centros de pesquisa. Mas não se resume somente a uma coletânea acadêmica competente. O volume traz ainda a contribuição de atores de processos que envolvem a Economia Criativa no país. Com isso, o leitor é convidado a refletir sobre o saber que se constitui a partir do trabalho de vários teóricos e acerca de experiências já testadas ou em estágio de processo e crítica.

Organização: Claudia Leitão e Ana Flávia Machado

Trabalho Artístico e Técnico na Indústria Cultural
Livro - 2016

Trabalho artístico e técnico na indústria cultural [recurso eletrônico] / organização Liliana R.P. Segnini,
Maria Noel Bulloni; tradução Marisa Shirasuna; textos Maria Aparecida Alves et. al. – São Paulo :
Itaú Cultural, 2016.

Culture, Creativity and Cities
Livro - 2013

Livro: Culture, Creativity and Cities

Edited by Emiko Kakiuchi
National Graduate Institute for Policy Studies, Tokyo
Xavier Greffe
University Paris 1 Pantheon Sorbonne

Pontos de cultura : olhares sobre o Programa Cultura Viva
Livro - 2011

Pontos de cultura : olhares sobre o Programa Cultura Viva /
organizadores: Frederico Barbosa, Lia Calabre.- Brasília : Ipea, 2011.

Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil - 2012
Relatório - 2012

Indústria Criativa

Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil - 2012

Sistema Firjan

Cultura viva : as práticas de pontos e pontões
Livro - 2014

Cultura viva : as práticas de pontos e pontões / organizador: Frederico Augusto Barbosa da Silva.-- 2. ed., rev. e ampl. – Brasília:
Ipea, 2014.

Creative Economy Report 2013
Relatório - 2013

A edição especial do Relatório enfoca a economia criativa em nível local nos países em desenvolvimento. É co-publicado pela UNESCO e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) através do Escritório das Nações Unidas para a Cooperação Sul-Sul. O Relatório é organizado em dois volumes: um relatório de política e um documentário na web que traz à vida casos e tendências, e oportunidades e desafios da economia criativa no território.

Inovação nas indústrias criativas - Caderno de Inovação FGV
Resumo - 2016

Caderno de Inovação

Inovação nas indústrias criativas

Caderno 21 - Maio 2016

FGV EAESP - Fórum de Inovação