e-criativo

Economia Criativa
Plataforma de Documentação e Memória

MAPEAMENTO DA INDÚSTRIA CRIATIVA NO BRASIL - 2016
Relatório - 2016

MAPEAMENTO DA INDÚSTRIA CRIATIVA NO BRASIL - 2016

PUBLICAÇÕES SISTEMA FIRJAN - PESQUISAS E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS

SISTEMA FIRJAN

Novas Direções na formulação de Políticas para a Economia Criativa
Outros - 2014

NOVAS DIREÇÕES NA FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PARA A ECONOMIA CRIATIVA

British Council Unidade de Economia Criativa
Série Investigando Políticas

Diálogos de economia criativa entre Brasil e Reino Unido

Economia Colaborativa: A emergência de uma sociedade pós-capitalista
Outros - 2015

ECONOMIA COLABORATIVA

A emergência de uma sociedade pós-capitalista

ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

Centro de Estudos de Sustentabilidade

Numero 96

Inovação nas indústrias criativas - Caderno de Inovação FGV
Resumo - 2016

Caderno de Inovação

Inovação nas indústrias criativas

Caderno 21 - Maio 2016

FGV EAESP - Fórum de Inovação

REPERTÓRIO DE FONTES SOBRE ECONOMIA CRIATIVA
Projeto - 2007

Este trabalho é parte integrante projeto de pesquisa Economia Criativa – em busca de paradigmas:
(re)construções a partir da teoria e da prática financiado pela FAPESB – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia e executado entre 2006 e 2007 no CULT - Centro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (UFBA).

Programa Cultura Viva: Análises e Observações
Outros - 2009

Seminário Internacional do Programa Cultura Viva

Realizado entre 18 a 20 de novembro de 2009 - Pirenopolis - GO

Indicadores Unesco de cultura para o desenvolvimento
Outros - 2014

Manual Metodológico - INDICADORES UNESCO DE CULTURA PARA EL DESARROLLO

Publicado en 2014 por la Organización de las Naciones Unidas para la Educación, la Ciencia y la Cultura, 7, place de Fontenoy, 75352 París 07 SP, Francia

LA ECONOMÍA CREATIVA EN BRASIL: El desarrollo del turismo local en el pantanal sur de Mato Grosso
Artigo - 2017

O presente artigo aborda a Economia Criativa e sua estrutura organizacional capaz de prospectar relações de desenvolvimento mútuo com outros setores da economia, à exemplo do Turismo. Objetiva descrever e analisar a relação entre a Economia Criativa e o Turismo local buscando entender as características desse ambiente em relação ao ciclo criativo da produção e consumo.

Autores: Adriano Pereira de Castro Pacheco, Elcio Gustavo Benini e Milton Augusto Pasquotto Mariani

Revista: Estudios y Perspectivas en Turismo - Volumen 26 (2017) pp. 678 – 697

Cartilha Direito de Propriedade Intelectual
Outros - 2013

Marcas, patentes, copyrights...
O que os empreendedores criativos precisam saber?

Esta cartilha é fruto do Termo de Cooperação entre o Ministério da Cultura e a Universidade de Brasília.

 

UNESCO CULTURE FOR DEVELOPMENT INDICATORS
Relatório - 2017

Indicadores Culturais para o Desenvolvimento

UNESCO

As indústrias culturais e criativas, as políticas públicas e o crescimento económico.
Artigo - 2012

As indústrias culturais e criativas, as políticas públicas e o crescimento económico.

Autor: Carlos Martins

CADERNOS CURSO DE DOUTORAMENTO EM GEOGRAFIA FLUP - 2012

II ENCONTRO INTERNACIONAL DE ECONOMIA CRIATIVA - RELATO DE EXPERIÊNCIAS
Outros - 2015

RELATOS DE EXPERIÊNCIAS DO II ENCONTRO INTERNACIONAL DA ECONOMIA CRIATIVA

A Economia Criativa: teoria e prática na elaboração de políticas culturais (The creative economy: theory and practice in the making of cultural policy), conferência de abertura proferida pelo Prof. David Throsby.

Encontro realizado pelo Observatório da Economia Criativa da Bahia (OBEC), no mês de novembro de 2015 em Salvador.

O Design no Contexto da Economia Criativa
Relatório - 2015

PANORAMA GERAL DO SEGMENTO DO DESIGN NO BRASIL.

A carteira de Economia Criativa  tem como prioridade atuar com os segmentos de design, audiovisual,
artes visuais, música, games, softwares, comunicação e startups, buscando definir diretrizes, metodologias,
disseminar e fomentar as boas práticas, gerar e disseminar conhecimento, coordenar e produzir pesquisas,
estudos e publicações para criar um ambiente favorável de ações junto aos empreendedores e empresários de
pequenos negócios criativos.

O design atravessa os elos da cadeia de valor correspondente ao artesanato, indústria e serviços, como ferramenta
de melhorias, bem como, na economia criativa, o design tem sua relevância por se tratar de empresas
e profissionais que fazem a gestão dos empreendimentos. Diante disso, faz-se necessário um estudo mais
focado, envolvendo o design no contexto da economia criativa.

 

Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae

Relatório de Economia Criativa 2010 - Unctad
Relatório - 2010

Relatório de Economia Criativa: Uma opção de desenvolvimento viável.

A série Relatório de Economia Criativa é o resultado da parceria entre a Unctad e a Unidade Especial para Cooperação Sul-Sul da Pnud. Esses relatórios voltados a políticas são o principal resultado do projeto de cooperação técnica “Fortalecendo a Economia Criativa para o Desenvolvimento”, um empreendimento conjunto coordenado por Edna dos Santos-Duisenberg, chefe do programa de economia criativa da Unctad, e Francisco Simplício, Chefe da divisão de gestão de conhecimento e operações da Unidade Especial para Cooperação Sul-Sul da Pnud.

Publicação: UNDP / Unctad

Políticas culturais no Brasil
Livro - 2007

Políticas culturais no Brasil / organização Antonio Albino Canelas
Rubim e Alexandre Barbalho. —Salvador : edufba, 2007.

ECONOMIA CRIATIVA: Implicações e desafios para a política externa brasileira
Livro - 2014

Economia criativa : implicações e desafios para a política externa
brasileira / Mariana Gonçalves Madeira. – Brasília : FUNAG, 2014.

O Programa Cultura Viva e a economia criativa: análise do Moinho Cultural Sul-Americano
Artigo - 2012

Programa Cultura Viva tornou-se, nos últimos anos, uma importante política cultural de desenvolvimento local. A implementação da ação do Ponto de Cultura no estado de Mato Grosso do Sul representou um avanço significativo no fomento às iniciativas voltadas à economia da cultura e solidariedade. Várias organizações, hoje certificadas pelo Programa Pontos de Cultura, desenvolvem ações para inclusão produtiva e formação profissional, transferindo tecnologia social e de gestão aos participantes dos projetos, garantindo mecanismos que asseguram a autonomia de produção e do desenvolvimento através da participação e autogestão coletiva. Deste modo, este trabalho busca estabelecer uma análise da política pública do Programa Cultura Viva, tendo como objeto o Ponto de Cultura Moinho Cultural Sul-Americano, desenvolvido pela organização não governamental Instituto Homem Pantaneiro no município de Corumbá – Mato Grosso do Sul. Por último, uma breve análise sobre a importância da iniciativa popular e suas tecnologias utilizadas para tornar a autogestão uma alternativa real para superar o sistema capitalista através da adequação sociotécnica dos seus participantes.

Autor: Adriano Pereira de Castro Pacheco

Revista: Bahia anál. dados, Salvador, v. 22, n. 4, p.653-664, out./dez. 2012

Desejável Mundo Novo: vida sustentável, diversa e criativa em 2042
Livro - 2012

Desejável Mundo Novo: vida sustentável, diversa e criativa em 2042

Autora: Lala Deheinzelin

1ª edição

São Paulo - SP (2012)

Edição: Claudia Deheinzelin

Guia do Empreendedor Criativo
Outros - 2015

Guia do Empreendedor Criativo

O Ministério da Cultura (MinC) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) firmaram
acordo de cooperação cujo objetivo é a realização conjunta de projetos e ações nos seguintes eixos de atuação:
Gestão do Conhecimento para o Fortalecimento dos Segmentos e Territórios de Atuação da Economia Criativa
– produzir, sistematizar e difundir informações dos segmentos e territórios da economia criativa brasileira;
Formação em Gestão Empresarial e Qualificação Técnica de Profissionais e Empreendedores Criativos –
desenvolver ações de capacitação e qualificação profissional em competências na área de gestão de negócios
e empreendimentos, por meio da elaboração de conteúdos e metodologias, realização de cursos, seminários,
publicações, tais como o Guia do Empreendedor Criativo; e Promoção e Difusão de Empreendimentos e Negócios
– ampliar oportunidades de negócios para os empreendimentos criativos, possibilitando o acesso a diferentes
canais de promoção, distribuição e comercialização de bens e serviços. Tendo os empreendedores criativos
como público-alvo preferencial, este material sinaliza os primeiros passos no sentido de fornecer informações
relevantes acerca do universo da economia criativa

Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae
Unidade de Gestão Estratégica e Cultura Empreendedora

Trabalho Artístico e Técnico na Indústria Cultural
Livro - 2016

Trabalho artístico e técnico na indústria cultural [recurso eletrônico] / organização Liliana R.P. Segnini,
Maria Noel Bulloni; tradução Marisa Shirasuna; textos Maria Aparecida Alves et. al. – São Paulo :
Itaú Cultural, 2016.